sexta-feira, 8 de maio de 2015

Prof. Renato Martino lança seu 4º livro

Renato Dias Martino deixou a vida de roqueiro
para mergulhar de cabeça na psicologia,
profissão que já exerce há 12 anos.
Uma das formas de aprender a desapegar é
ser tolerante com as próprias frustrações, ensina
Antes de se tornar um psicanalista, profissão que exerce há 12 anos, Renato Dias Martino era um dos roqueiros mais prestigiados do meio musical rio-pretense. Sua performance na guitarra, interpretando clássicos de bandas como Pink Floyd, Led Zeppelin, Creedence e The Doors sempre foi alvo de elogios, contribuindo para a popularização deste gênero musical em uma época em que Rio Preto não estava tão aberta ao rock.

Quando vivia a melhor fase de sua carreira como guitarrista, com os pubs de rock surgindo na cidade, ele decidiu não prosseguir mais como músico, mergulhando de cabeça no estudo da psicologia. Para Martino, era preciso desapegar de um momento para dar um passo à frente na sua vida, tanto profissional quanto pessoal.



Coincidentemente, desapego é o tema do quarto livro do psicanalista de Rio Preto, que terá lançamento hoje, no Centro Cultural Vasco, no bairro Boa Vista. Terceira publicação dele feita pela editora Vitrine Literária, o "Livro do Desapego" evidencia a tolerância à frustração como antídoto para se desapegar de objetos, pessoas e situações que limitam o desenvolvimento humano e espiritual. Em entrevista ao Diário, Martino comenta que sua mudança de carreira exemplifica bem o assunto que trata em seu quarto livro. 

"Sempre tive afinidade com a psicologia. Na minha fase como músico, as minhas bandas preferidas desenvolviam trabalhos com conotações psicológicas. As letras de Pink Floyd evidenciam experiências mentais e várias canções do Led Zeppelin trazem mensagens filosóficas. Muitas letras da banda The Doors também têm conotação psicológica", comenta o psicanalista, que já publicou os livros "Para Além da Clínica" (2011), "Primeiros Passos Rumo à Psicanálise" (2012) e "O amor e a expansão do pensar: Das perspectivas dos vínculos no desenvolvimento da capacidade reflexiva" (2013).


Atitude acumuladora


Conforme Martino, todo o trabalho da psicanálise é fundamentado com o intuito de desenvolver a tolerância à frustração. "E o resultado disso é o desapego, tanto no aspecto material como emocional. Até mesmo porque eles não são distintos um do outro", sinaliza. Ao longo da vida, as pessoas tendem a se tornar acumuladoras. 


Acumulam bens materiais, pessoas tóxicas no seu convívio, pensamentos limitantes e outras questões que, com o tempo, acabam se tornando um grande obstáculo para a evolução. É preciso desapegar dessas questões sem frustração, tristeza ou medo para poder dar um passo à frente e permitir que surjam novas e enriquecedoras experiências de vida.


"O acúmulo gera uma sensação de desconforto na pessoa. Uma sensação de que a vida está parada, de que há um entrave impedindo novos acontecimentos. É a hora de buscar um profissional", enfatiza. No "Livro do Desapego", Martino apresenta conceitos religiosos, espirituais, filosóficos e até mesmo científicos para refletir sobre a limitação ocasionada pela falta de desapego sobre as coisas da vida.


Além da sessão de autógrafos, haverá um bate-papo do autor com Luciano Alvarenga, responsável pelo prefácio do "Livro do Desapego", e Paulo Rezende, editor da obra. Produzido de forma independente, o novo livro de Martino não estará à venda em livrarias, podendo ser solicitado diretamente com o psicanalista rio-pretense. "A proposta é a divulgação do trabalho da psicanálise. Não tenho pretensões financeiras com a obra. Até disso me desapeguei", brinca.



Serviço:
"Livro do Desapego", do psicanalista Renato Dias Martino. Editora Vitrine Literária. Hoje, a partir das 18h, no Centro Cultural Vasco (rua São João, 1840 - Boa Vista). Preço do livro: R$ 30. Encomendas pelo telefone (17) 3011-3866


Matéria de Harlen Félix para o jornal Diário da Região : http://www.diariodaregiao.com.br/cultura/renato-martino-lan%C3%A7a-seu-4%C2%BA-livro-1.313337 

3 comentários:

Eliana Rodrigues da silva disse...

Parabéns, te admiro muito, grande mestre, excelente análise.

Prof. Renato Dias Martino disse...

Muito agradecido, querida Eliana Rodrigues!

Dr. Luiz Mariano disse...

Excelente Professor, Mestre e Escritor. Dr Luiz Mariano DF ABMP-DF